fbpx

Importância da alimentação pré e pós treinos.

Praticar atividades físicas regularmente traz inúmeros benefícios à mente e ao corpo. E se alimentar de forma saudável também. É possível aliar essas duas fórmulas de sucesso para complementar sua saúde e seu bem-estar. Mas, na hora de se exercitar, bate aquela dúvida sobre qual tipo de alimentação pós treino é ideal para você. 

Assim como a alimentação pré-treino, a alimentação pós-treino é fundamental, pois ajuda na recuperação do organismo e nos estoques de energia: 

Resíntese do glicogênio muscular (reserva energética no músculo) e hepático (reserva de energia no fígado). 

Quando terminamos os exercícios e não nos alimentamos corretamente, o corpo poderá usar a massa muscular para repor a energia gasta, ocasionando perdas musculares indesejadas. Após o exercício físico, nas primeiras duas horas, mas principalmente nos primeiros 30 minutos, a atividade de uma enzima chamada glicogênio sintetase é máxima. Assim, o consumo de alimentos fonte de carboidratos é fundamental neste período.

O consumo de alimentos fonte de proteínas pós-treino também é importante para recompor a massa muscular. Portanto, inclua nesta refeição peito de frango, peixes, clara de ovo, carnes magras, queijos, iogurte. 

E, claro, água é importante durante todo o processo. O corpo perde água continuamente durante o exercício por causa da sudorese e deve ser reposta para evitar a desidratação e seus efeitos deletérios sobre o organismo, tais como sensação de fadiga e redução da eficácia dos treinos.

Dicas Práticas:

  1. Nunca inicie um treino em jejum ou com intervalo superior a 4 horas da última refeição.
  2. Não inicie os treinos com “estômago muito cheio”. Você poderá sentir-se mal e comprometer a prática dos exercícios. Prefira alimentos de fácil digestão para você!
  3. Escolha alimentos fonte de carboidratos para a alimentação pré-treino. Alguns exemplos: frutas, suco de frutas, frutas secas, pães, barra de cereais, macarrão, arroz e batata.
  4. Deixe para consumir os alimentos ricos em proteínas – como carnes, ovos, iogurtes, etc. após os exercícios. Os alimentos fonte de carboidratos também devem estar presentes nesta refeição.
  5. Hidrate-se antes, durante e após os exercícios. Alguns líquidos podem ser usados como, água, água de coco, sucos de frutas, chás e até bebidas esportivas.

1)​ Antes do Treino:

 1 banana com aveia

Pós Treino: Sanduíche de atum/ queijo minas frescal e tomate

1 copo de suco de frutas

2) Antes do Treino:

 1 copo de suco de fruta

Pós Treino: Iogurte natural desnatado + granola + 1 banana + mel

3) Antes do Treino:

 1 fatia de pão de forma com geleia

Pós Treino: Salada de folhas verdes e tomate

Purê de Batata + filé de frango + vagem 

1 porção de fruta

4) Antes do Treino: 

1 barra de cereais e 1 copo de suco de frutas

Pós Treino: Salada de folhas verdes e tomate

Massa com molho ao sugo+1 bife (carne magra)+brócolis

1 porção de fruta

Vivian Elizabeth Lia Nutricionista do Check-up Einstein

Especialista em fisiologia do exercício. (via hospital israelita Albert Einstein)

Lembre-se de que as necessidades nutricionais variam de pessoa para pessoa, dependendo do tipo de treino, intensidade, duração, metabolismo e objetivos individuais. Consultar um nutricionista ou profissional de saúde pode ajudar a criar um plano alimentar pré-treino personalizado de acordo com suas necessidades específicas.